spot_img
spot_imgspot_img

Fazendo roupas para sua filha, Rosana Britto percebeu que poderia ir mais longe

Hoje vamos conhecer mais uma CMC8, vinda de Belo Horizonte em Minas Gerais, Rosana de Oliveira Britto não se diz costureira profissional, mas produz peças dignas de reconhecimento.

Tudo começou fazendo roupas para sua filha. As pessoas que viam o resultado final da transformação do tecido em arte, começaram a admirar, desejar e requisitar roupas feitas por ela também.

Não conformada em apenas reproduzir peças existentes, usando como medida o modelo, almejando aprender a fazer seus próprios moldes, foi em busca de conhecimento. Pelo Instagram, viu o convite da nossa professora Diana para a oitava semana CMC, participou e felizmente se tornou mais uma nova aluna.

“Estou amando esta nova realidade, pretendo aprender direitinho e serei uma costureira de mão cheia da Diana.”

Rosana costura há seis meses e apesar do pouco tempo, temos certeza que não falta talento e obstinação. O sonho do próprio ateliê é logo ali!

Venha conhecer e acompanhar mais o seu trabalho pelo Instagram @brittorosana

Até logo!

Publicações relacionadas

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimas publicações