spot_img
spot_imgspot_img

A costura como terapia

Hoje vamos conhecer mais uma CMC8, a Maria Thereza Dalle Laste, de Muçum no Rio Grande do Sul, diz que a costura e seus trabalhos em patchwork são para aliviar sua tensão do dia a dia.

Mesmo nunca tendo feito um curso de corte e costura, já produz peças lindas como essa, imagine quando se desenvolver no curso e poder se considerar uma Costureira de Mão Cheia.

Ainda não tem um nicho específico, mas costura para si mesma e para a mãe. Apesar de se considerar iniciante, já costura há mais de cinco anos e não pretende parar por aí.

Passou a acompanhar nossa professora Diana durante a última Semana CMC e por conta própria decidiu entrar no curso. Talento a Maria Thereza tem, agora irá se desenvolver muito mais.

Seja muito bem-vinda à família e todo sucesso nessa nova caminhada!

Até breve!

Publicações relacionadas

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns, a costuraterapia como eu chamo, é um tratamento para a mente, além da renda que aumenta, costuro para família, mas me realizo ao ver cada peça sendo finalizada. Parabéns.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimas publicações